Basilica da penha

Fotos: Aline Widera

Festa 2016
Mons Calazans p

Mons Calazans

Padre Silvio p

Pe Silvio Pilon

01-WP_000036
Placeholder  Image
Placeholder  Image
02-WP_000034
03-WP_000045

 

HISTÓRIA DE NOSSA SENHORA DA PENHA

Nos anos de 1600, um católico francês viajava de São Paulo ao Rio de Janeiro, carregando na bagagem uma imagem de Nossa Senhora trazida de sua terra natal. À noite, montou acampamento na região onde hoje é o bairro da Penha, na zona leste de São Paulo.

 

Imagem_da_Penha

 

Pela manhã reuniu suas coisas e retomou a caminhada. No entanto, na noite seguinte, o viajante percebeu que havia perdido a imagem. Ele, então, deu meia-volta e encontrou o objeto no alto da colina onde havia dormido.

Aliviado, seguiu viagem, mas na noite seguinte sentiu novamente a ausência da imagem. Mais uma vez retornou à colina e mais uma vez encontrou o que procurava. O devoto entendeu que se tratava de uma mensagem avisando-o de que ali deveria ser erguida uma capela em homenagem a Nossa Senhora.

E assim foi feito.

É essa a história que os penhenses ouvem há décadas sobre a fundação do bairro. A data registrada na Igreja de Nossa Senhora da Penha de França é 1682, mas documentos indicam que a construção é, na verdade, alguns anos mais antiga. Uma certidão passada por um padre ao receber uma quantia em dinheiro doada a Nossa Senhora da Penha de França, por exemplo, é datada de 24 de agosto de 1667.

Já a imagem original da Virgem, em madeira, foi preservada e está hoje protegida no altar da Basílica, construída entre 1957 e 1967 a alguns metros da primeira igreja.

Conta-se que o bairro foi fundado pelo Padre Jacinto Nunes Oliveira por volta de 1667. Portanto, em 2008 iremos comemorar os 341 anos da nossa Penha tão católica.

De costas para a Sé
 

Também bem próxima, no largo do Rosário, está a capela de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito, erguida em taipa por negros em 1802, na época eles eram proibidos de entrar na outra igreja, a dos brancos. Enquanto esta construção era voltada para a Catedral da Sé, a capela dos negros foi construída exatamente atrás dela e voltada para a periferia. Os negros teriam pedido esmolas nas ruas por cinco anos para reunir o dinheiro necessário à construção da pequena capela.

O bairro da Penha, o mais antigo de São Paulo ao lado de Santo Amaro, formou-se em torno da igreja e a religiosidade é uma característica marcante ainda hoje entre a população local. A tradicional procissão e a Festa da Natividade de Nossa Senhora, comemorada no dia 8 de setembro, reúnem milhares de pessoas.
Subprefeitura

Em 2 de agosto de 2002, a antiga Administração Regional, passou a ser denominada Subprefeitura Penha. A partir daí, a Subprefeitura Penha passou a abranger apenas quatro distritos: Penha, Cangaíba, Vila Matilde e Artur Alvim.

Dia do bairro: 8 de setembro

 

 

expediente2
nova_news
facebook

www.technodance.com.br

 

nahor

www.r7news.com

 

Lojas de Carros
Contador de acessos