bootstrap website templates

MISSAS NA CAPELA PADRE CARLINHOS (OSSÁRIO): Segundas-feiras às 15h

O Ossário da Basílica de Nossa Senhora da Penha, é o terceiro do Brasil, com cerca de 15 mil nichos distribuídos em 640 mil metros quadrados. Foi inaugurado em 1972 e visa guardar os restos mortais dos devotos de Nossa Senhora da Penha e de familiares. A renda obtida com as aquisições dos nichos ajudaram nas despesas para a construção da Basílica. 

Ele encontra-se no subsolo da Basílica e pode ser acessado por dentro da igreja ou externamente.  
Na parte central do Ossário encontra-se uma ampla capela, onde acontece a celebração da Missa por intenção dos falecidos às segundas-feiras às 15h.
Mobirise
Entre os muitos saudosos devotos e paroquianos de Nossa Senhora da Penha que jazem no Ossário da Basílica, encontram-se os restos mortais da Irmã Clotilde Rezende, que se dedicou por muitos anos aos serviços pastorais da Paróquia.
À esquerda do altar da capela do Ossário, está o túmulo do Padre Carlos Octaviano Giele, conhecido, carinhosamente, pelos paroquianos e penhenses, como PADRE CARLINHOS.
Mobirise
Padre Carlos Octaviano Giele nasceu em 13 de Setembro de 1911, foi ordenado padre em 08 de Dezembro de 1937 por Dom Duarte Leopoldo e Silva, foi Pároco da Paróquia Nossa Senhora do Sion na Região Episcopal Ipiranga e Cônego Honorário do Cabido Metropolitano de São Paulo.

Homem simples, humilde e bondoso, em 1967 fez parte do primeiro grupo de padres diocesanos que assumiu a Paróquia de Nossa Senhora da Penha após a saída dos padres redentoristas.

Trabalhou na Paróquia da Penha por 31 anos, onde gastou sua vida no trabalho da evangelização. Amava atender às confissões do povo. Foi confessor também de Bispos, entre eles D. Angélico Sândalo Bernardino e D. Fernando Legal.

Sua principal característica era a caridade prestada aos colegas padres, ao povo e aos pobres. Se estivesse comendo, e algum pobre batesse à porta da casa paroquial pedindo comida, ele dava o seu próprio prato e ficava sem comer. Mesmo cheio de limitações em sua cadeira de rodas e com a saúde muito debilitada, dedicou-se à evangelização até o fim da vida.

Foi amado pelos colegas padres, especialmente os da Comunidade Presbiteral da Penha, pelos paroquianos e pelos devotos e romeiros de Nossa Senhora da Penha.

Faleceu em 11 de Março de 1998 com fama de santidade. Optou-se em sepultar seu corpo no Ossário da Basílica a fim que ficasse próximo daquela a quem tanto amou e serviu: Nossa Senhora da Penha.

ATENÇÃO

* TEMOS NICHOS (GAVETAS) DISPONÍVEIS PARA OSSOS E CINZAS
Informações sobre valores e taxa de manutenção na secretaria da Basílica de segunda a sexta das 08h30 às 17h30 e sábado das 08h30 às 16h – Fone: 2295 4462
* Solicitamos às famílias que já possuem nichos (gavetas) no Ossário da Basílica que procurem a secretaria paroquial para efetuar um RECADASTRAMENTO DE DADOS e/ou COLOCAÇÃO DE LÁPIDE (pedra de mármore) nos nichos que ainda não possuem.

Endereço

Rua Santo Afonso, 199
Penha de França - SP
Mapa da localização

Secretaria

Seg. a Sex.:  8h30 às 17h30
Sábado: 8h30 às 16h00
(domingos e feriados fechada)

Contato

Fone: (11) 2295-4462