best free css templates

A Vida que vence a Morte!

“De fato, sabemos que, se a tenda em que moramos neste mundo for destruída, Deus nos dá outra moradia no céu, que não é obra de mãos humanas e que é eterna”. (2cor 5,1).

Queridos irmãos e irmãs, a paz de Cristo!

Iniciamos o mês de novembro celebrando TODOS OS SANTOS, de modo a sentirmos, também nós, o desejo da santidade. Este é o tema da exortação do Papa Francisco “Gaudete et exultate” (“Alegrai-vos e exultai”). Nesta exortação somos chamados a refletir e redescobrir a necessidade, a beleza e a alegria da santidade no mundo de hoje. Não podemos esquecer as palavras inspiradas da Carta aos hebreus, que afirmam: “Procurai a paz com todos e a santidade, sem a qual ninguém verá o Senhor” (Hb 12,14).

Além de recordar-nos da vocação universal à santidade, lembramos também que somos a COMUNHÃO DOS SANTOS, somos a Igreja de Cristo, cujos membros, unidos pela fé e pelo Batismo, movidos por um único Espírito e comungando de um único Pão, que é Jesus, tem no mundo a missão de anunciar o Evangelho. O Papa Francisco insiste na necessidade de sermos “Igreja em saída” para ir ao encontro dos que precisam ser evangelizados. Ele pede que compartilhemos da alegria do Evangelho com todos. Pe. Antônio Vieira, famoso pregador jesuíta no período do Brasil-Império, num de seus famosos sermões em que reflete sobre a parábola do semeador, dizia que há os que semeiam sem sair e os que saem para semear, isto é, os missionários que partem para terras distantes levando o Evangelho e aqueles que no seu cotidiano – família, escola, trabalho – dão testemunho de Cristo com sua vida e sua palavra. Semeemos sempre a boa semente do Evangelho!

Neste mês lembramos também, de modo especial, os irmãos e irmãs que nos precederam na casa do Pai. Trata-se da COMEMORAÇÃO DE TODOS OS FIÉIS DEFUNTOS. Neste dia não celebramos a morte, mas sim a vida. Cristo triunfou da morte e os que nEle creem e nEle depositam sua esperança, seguindo-O de coração, também triunfarão sobre ela: “Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, ainda que tenha morrido, viverá. E todo aquele que vive e crê em mim, não morrerá jamais. Crês nisto?” (Jo 11, 24-26). Sim, é nisto que cremos e, embora sintamos muita saudade daqueles que amamos e que partiram, nosso coração se enche de esperança na vitória de Cristo sobre a morte.

Sugiro que os irmãos e irmãs aproveitem um pouco do seu tempo para meditar e conhecer melhor o que Cristo, por meio da Igreja, nos revelou a respeito da esperança na vida eterna, lendo o Catecismo da Igreja Católica números 991 a 1001.

A oração pelos falecidos é uma ocasião propícia para uma séria reflexão sobre o sentido de nossa vida nesta terra e do quanto é importante estarmos em comunhão de fé e amor com Deus para nos prepararmos para nossa própria partida. É ocasião para proclamarmos nossa fé na ressurreição da carne e na vida eterna, como rezamos no Credo e de estarmos sempre vigilantes, pois não sabemos o dia nem a hora! Oremos pelos nossos falecidos, pois isto é algo salutar e obra de misericórdia. Deus permita que ao fazermos nossa passagem haja também irmãos que orem por nós e ofereçam a Deus, em nosso favor, o santo sacrifício da Missa.

Que o Deus da vida e Pai cheio de misericórdia, que nos chama à santidade e à vida eterna, abençoe e guarde a todos!

Pe. EDILSON de SOUZA SILVA
Pároco da Basílica de Nossa Senhora da Penha

Endereço

Rua Santo Afonso, 199
Penha de França - SP
Mapa da localização

Secretaria

Seg. a Sex.:  8h30 às 17h30
Sábado: 8h30 às 16h00
(domingos e feriados fechada)

Contato

Fone: (11) 2295-4462