"Quando Jesus viu sua mãe e perto dela o discípulo que amava, disse à sua mãe: ‘Mulher, eis aí teu filho’. Depois disse ao discípulo: ‘Eis aí tua mãe’. E dessa hora em diante o discípulo a recebeu como sua mãe." (Jo 19, 26-27)

Queridos irmãos e irmãs, a paz de Cristo Ressuscitado esteja com todos!

Iniciamos o mês de maio, mês no qual os fiéis se recordam com especial carinho da Virgem Maria, nossa Mãe cheia de ternura. Em meio a tanto sofrimento, nossa Senhora nos consola com sua materna intercessão, na qual Ela inclui todos os que Deus ama – e Deus ama a todos!

Esperávamos chegar a esta altura do ano com uma situação melhor em relação à pandemia do novo coronavírus... Contudo, ainda estamos vivenciando as dores e as consequências do enfrentamento à Covid-19: um número altíssimo de mortos; pessoas gravemente enfermas; pessoas recuperadas e com sequelas da doença; médicos e demais agentes de saúde já exaustos e emocionalmente atingidos por tanto sofrimento; desemprego e outras tantas coisas que exigiriam muitas linhas para citar. Mas não perdemos a esperança, nela nós caminhamos: esperança de um fim para este grande mal; esperança de providências coerentes por parte do poder público; esperança de mais amor para com o próximo por parte de todos – uma vez que quem ama quer a vida do próximo!

Em meio a tudo isso, voltemos nosso olhar para Nossa Senhora, ela que em Fátima nos pediu conversão e oração a fim de que o mundo pudesse obter a paz, espera também hoje que nosso coração esteja voltado ao seu filho Jesus e que nossa oração seja incessante para que tenhamos a paz que Jesus ressuscitado doou aos seus discípulos quando disse: “A paz esteja convosco!” (Lc 24,35). Celebraremos o seu tríduo em nossa Comunidade que a tem como padroeira e pediremos a Ela que nos traga a paz e o fim desta pandemia.

A Nossa Senhora de Fátima apresentamos também todas as mamães, cujo dia será lembrado neste mês. Sinais do amor e da ternura de Deus por nós, geradoras de vida, elas são muito especiais e não devem receber nossa homenagem e gratidão somente em uma data do ano, mas todos os dias! Parabéns a todas! E que o Senhor console e fortaleça aquelas que estão de luto pela perda do esposo ou de um filho ou filha; Deus acolha em Sua luz aquelas que foram ceifadas por esta pandemia e recompense todo bem que fizeram.

Em 1º de maio também celebraremos a festa de São José Operário que neste ano se reveste de um caráter especial pela promulgação do Ano de São José pelo Papa Francisco (de 08/12/2020 a 08/12/2021), comemorando os 150 da declaração deste querido santo como Padroeiro da Igreja Católica (leia a Carta apostólica “Patris corde – Com coração de Pai”). Ele, o santo da providência e guardião da Sagrada Família, patrono da Igreja, levará a Cristo nossa súplica em favor de todos os trabalhadores e trabalhadoras, especialmente os que se encontram desempregados e em dificuldade. Ele nos ensina a confiar sempre na providência de Deus e não desanimar em fazer sempre a Sua vontade. E por falar em trabalhadores, não podemos deixar de agradecer a tantos obreiros do bem que em meio a tanta dor e sofrimento se mobilizam no amor e estendem a mão ao que necessita; a tantos que, com criatividade, espalham solidariedade socorrendo de diversos modos os que se sentem frágeis e abatidos; aos profissionais da saúde que se empenham em salvar o máximo possível de vidas, a todos os que atuam nos serviços essenciais em nossa cidade e nos garantem acesso às coisas que não nos podem faltar. Em nossa oração todos eles estão presentes. Junto com o necessário agradecimento àqueles que atuam em favor do próximo, também é necessária uma advertência àqueles que, afirmando ter fé em Deus e amor a Cristo, não se previnem nem se importam com a vida dos outros: a responsabilidade é de todos! Por isso, cuidemos deste dom tão precioso que é a vida!

Que a Solenidade de Pentecostes, celebrada também neste mês de maio, nos recorde sempre de pedir o auxílio celeste para continuarmos firmes na fé e generosos em nos dedicar à construção do Reino de Deus. Que o Santo Espírito Consolador e Defensor, ilumine nossas mentes e corações para darmos o sincero testemunho do amor de Deus, vivermos coerentemente o Evangelho de Cristo e nos guiar sempre pela verdade que Ele nos transmite por meio de sua assistência à Igreja e a cada fiel: “Vinde, Espírito Santo!”.

Concluo convidando a todos a serem perseverantes na fé, na esperança e na caridade, a não deixarem esmorecer o amor a Cristo e à Igreja, e seguirem firmes no caminho da Vida.
Nossa Senhora de Fátima e São José, rogai por nós!

Um abraço fraterno e a bênção de Deus para todos. 

SECRETARIA PAROQUIAL

Segunda à Sexta-feira: 8h30 às 12h00 e 14h00 às 17h30
Sábado: 8h30 às 12h00 e 14h00 às 16h00
A secretaria está fechada aos domingos e feriados

ENDEREÇO

Rua Santo Afonso, 199
Penha de França - SP
Telefone: (11) 2295-4462