free responsive website templates

O BÁLSAMO DO AMOR

Caríssimos filhos e filhas de nossa Paróquia/Santuário Basílica de Nossa senhora da Penha, queridos leitores, estamos chegando ao fim da estrada que trilhamos na reflexão sobre os 7 Sacramentos. Hoje queremos meditar sobre o da Unção dos Enfermos, que junto com a Penitência, forma os Sacramentos da Cura.

Ao pensar sobre esse Sinal visível da Graça de Deus, logo salta aos nossos olhos a triste e dura realidade da dor humana; “O sofrimento, de fato, é sempre uma provação – por vezes, uma provação muito dura – à qual a humanidade é submetida” (Papa João Paulo II, Carta Apostólica sobre o sentido cristão do sofrimento humano).
Como bem atestou o Sumo pontífice, citado acima, o sofrimento humano é algo muito amplo e consequentemente complexo; “o homem sofre de diversas maneiras, que nem sempre são consideradas pela medicina, nem sequer pelos ramos mais avançados” (Idem); por isso, os irmãos doentes precisam ser visitados, acolhidos e amados nas suas dores e debilidades: “A Igreja que nasce do mistério da Redenção na Cruz de Cristo, tem o dever de procurar o encontro com o homem, de modo particular no caminho do seu sofrimento” (Idem).

O próprio Jesus, quando passou entre nós fazendo o bem, acolheu, amou e curou os enfermos, e ainda hoje continua a realiza-lo: “A saúde que Jesus promove não consiste somente numa melhoria física. Sua ação vai além do simples fato de fazer retroceder uma enfermidade ou de eliminar um problema orgânico. A saúde que Ele suscita não é fruto de um tratamento médico destinado a eliminar uma enfermidade, mas trata-se de uma cura mais profunda e total. Jesus liberta os enfermos de sua solidão e de seu isolamento interior, sua fé num Deus amigo da vida contagia a todos; faz despertar neles a confiança no Pai; perdoa seus pecados” (Pagola. É bom crer em Jesus).

Assim, a Igreja segue o que lhe foi confiado pelo Apóstolo Tiago: “Alguém dentre vós está doente? Mande chamar os presbíteros da Igreja para que orem sobre ele, ungindo-o com óleo em nome do Senhor. A oração da fé salvará o doente e o Senhor o porá de pé; e se tiver cometido pecados, estes lhe serão perdoados” (Tg 5, 14-15).

Destarte, o Sacramento da Unção dos enfermos é um verdadeiro bálsamo do Amor de Deus na vida, na alma e no corpo dos enfermos, pois tal Sacramento aproxima nossas dores e sofrimentos no mistério da Morte e Ressurreição de Cristo. É a última das unções e graças que acompanham toda vida cristã: a do Batismo, que nos deu a nova vida; a da Confirmação, que nos fortificou para o combate desta vida; e esta última Unção fortalece o fim de nossa vida terrestre para enfrentar as duras lutas antes da entrada na casa do Pai.
Vale lembrar que a Unção dos Enfermos não é uma sentença de morte para o enfermo, mas o encontro do Coração Bondoso de Deus e a fragilidade do Homem. Também não se pode banalizar o Sacramento, usando-o como um ‘paliativo’ para qualquer problema. Como nos lembra o código de direito canônico: “A unção dos enfermos pode ser administrada ao fiel que, tendo atingindo o uso da razão (7 anos), começa a estar em perigo por motivo de doença ou velhice” (Can. 1004).

Por fim, esse Bálsamo Divino também combate a pior de todas as doenças que é o pecado, pois “este Sacramento proporciona, em caso de necessidade, o perdão dos pecados e a consumação da penitencia cristã” (Introdução ao Sacramento da Unção dos Enfermos).

Termino essa reflexão com as palavras do Santo Padre, o Papa Francisco: “O sacerdote e aqueles que estão presentes representam toda a comunidade cristã, que ao redor do enfermo, alimentam nele e em sua família a fé e a esperança, amparando-os com a oração e o calor fraterno. Na Unção dos enfermos, Jesus nos mostra que pertencemos a Ele e que nem a doença, nem a morte poderão nos separar Dele”.

Pe. DIEGO NASCIMENTO
Vigário Paroquial

SECRETARIA PAROQUIAL

Segunda à Sexta-feira: 8h30 às 12h00 e 14h00 às 17h30
Sábado: 8h30 às 12h00 e 14h00 às 16h00
A secretaria está fechada aos domingos e feriados

ENDEREÇO

Rua Santo Afonso, 199
Penha de França - SP
Telefone: (11) 2295-4462