OS ANJOS QUE NOS CERCAM

No dia 29 de setembro, a Igreja celebra a festa dos três grandes arcanjos: Miguel, Gabriel e Rafael. São Gregório Magno, numa homilia do século VI, escreveu: "É preciso saber que a palavra anjo indica o ofício, não a natureza. Pois estes santos espíritos da pátria celeste são sempre espíritos, mas nem sempre podem ser chamados anjos, porque somente são anjos quando por eles é feito algum anúncio. Aqueles que anunciam fatos menores são ditos anjos; os que levam as maiores notícias, arcanjos. [...] Por este motivo, também a eles são dados nomes especiais para designar, pelo vocábulo, seu poder na ação. Naquela santa cidade, onde há plenitude da ciência pela visão do Deus onipotente, não precisam de nomes próprios para se distinguirem uns dos outros. Mas quando vêm até nós para cumprir uma missão, trazem também entre nós um nome derivado desta missão. Assim Miguel significa: 'Quem como Deus?'; Gabriel, 'Força de Deus'; e Rafael, 'Deus Cura'".

Miguel é lembrado duas vezes no livro de Daniel como protetor particular do povo eleito (10,1 e 12,1). A carta de São Judas (v. 9) mostra-o em luta contra Satanás pelo corpo de Moisés. Também o Apocalipse (12,7) recorda o combate de Miguel e seus anjos contra o Dragão. A liturgia dos mortos pede-lhe que acompanhe as almas. No dia 29 de setembro, é aniversário da dedicação de uma Igreja a ele dedicada em Roma, do século V. Gabriel apresentou-se a Zacarias como 'aquele que está diante de Deus' (Lc 1,19): ele anunciou o nascimento de João Batista e o de Jesus Cristo (Lc 1,5-22.26-38). Rafael aparece no livro de Tobias como seu acompanhante numa viagem e portador de salvação do velho pai cego. Os anjos, portanto, vêm de Deus, "enviados a serviço, para vantagem daqueles que devem ser salvos" (Hb 1,14) (ver Missal Cotidiano, p.1752).

Não muitos dias depois de celebrar os arcanjos, no dia 2 de outubro a Igreja celebra a memória dos Santos Anjos da Guarda. De fato, "desde o início até a morte, a vida humana é cercada por sua proteção e por sua intercessão. Cada fiel é ladeado por um anjo como protetor e pastor para conduzi-lo à vida. Ainda aqui na terra, a vida cristã participa na fé da sociedade bem-aventurada dos anjos e dos homens, unidos em Deus" (CIC 336). São Bernardo, abade do século XII, falando sobre os anjos da guarda, disse: "Estão aqui, portanto, e estão junto de ti, não apenas contigo, mas em teu favor. Estão aqui para proteger, para te serem úteis. Na verdade, embora enviados por Deus, não nos é lícito ser ingratos para com eles, que com tanto amor lhe obedecem e em tamanhas necessidades nos auxiliam. Sejamos-lhes fiéis, sejamos gratos a tão grandes protetores; paguemos-lhes com amor; honremo-los tanto quanto pudermos, quanto devemos. Prestemos, no entanto, todo o nosso amor e nossa honra àquele que é tudo para nós e para eles; de quem recebemos poder amar e honrar, de quem merecemos ser amados e honrados".

Por isso, celebrando os arcanjos e os anjos da guarda, alegremo-nos também com toda a nossa Igreja particular de São Miguel Paulista, que tem a graça de ter São Miguel, o arcanjo, como seu patrono e protetor. Como canta o hino das vésperas desta bela festa, peçamos também nós: Lá do alto enviai-nos, ó Cristo, vosso anjo de paz, São Miguel. Sua ajuda fará vosso povo crescer mais, prosperando, fiel. Gabriel, o anjo forte na luta, nosso tempo sagrado visite, lance fora o antigo inimigo e, propício, conosco habite. Enviai-nos dos céus, Rafael, o bom anjo que cura os doentes, para a todos os males sarar e guiar nossos atos e mentes. Aos nossos anjos de guarda, também queremos nos dirigir: O mesmo anjo que um dia por guarda nos foi dado consiga a vida toda livrar-nos do pecado. Em nós ele extermine as forças do inimigo; que a fraude em nosso peito jamais encontre abrigo. Amém.

No mesmo dia em que celebraremos os arcanjos, 29 de setembro, nosso bispo diocesano, Dom Manuel Parrado Carral, completará 74 anos de vida. Queremos pedir a estes tão grandes protetores para que ajudem-no a perseverar na missão até o fim e, principalmente, que lhe deem bastante saúde e força, para que seja sempre muito feliz e realizado. Ao mesmo tempo, agradecemos ao Bom Deus por sua presença em nosso meio, já há 12 anos, a quem somos gratos por todo em feito e realizado. Nossa Senhora da Penha, que também celebramos neste mês, recompense-o por tudo! 

SECRETARIA PAROQUIAL

Segunda à Sexta-feira: 8h30 às 12h00 e 14h00 às 17h30
Sábado: 8h30 às 12h00 e 14h00 às 16h00
A secretaria está fechada aos domingos e feriados

ENDEREÇO

Rua Santo Afonso, 199
Penha de França - SP
Telefone: (11) 2295-4462